Projetos

 

 Álvaro Alfredo Bragança Júnior 

"Literatura enquanto História - as estruturas sociais de saber e poder nos romances de aventura em alemão da Baixa Idade Média|"

 

Álvaro Marins de Almeida

“Representações do índio na literatura brasileira”.

 

Ana Thereza Basilio Vieira

1 “Relatos de viajantes italianos sobre o Rio de Janeiro nos séculos XVIII e XIX. Tradução e análise”.

2 “Tradição e análise crítica em conflito. Discursos acadêmicos sobre a Antiguidade Latina em seus contextos transcultural e interdisciplinar”.

 

Ana Beatriz Demarchi Barel

“Le roman romantique brésilien de la deuxième moitié du XIXe siècle et les contes populaires: dialogues avec la France”.

 

Anderson Figueiredo Brandão

“Construção de uma prática de formação de docentes de língua estrangeira democrática e alternatva em escolas públicas de ensino médio no Estado do Rio de Janeiro”.

 

Ary Pimentel

“Margens da literatura e periferias da cidade: autorrepresentação do subalterno na literatura e na música de Buenos Aires e do Rio de Janeiro”.

 

Daniele Gallindo Gonçalves

"Releituras do medievo: A recepção da Idade Média (Mittelalterrezeption) do século XIX ao XXI." 

 

Gerson Roberto Neumann

“Uma mulher escritora no século XIX e um viajante que passou pelo Brasil – Amalia Schoppe e Friedrich Gerstäcker – a representação do Brasil em dois autores alemães do século XIX”.

 

Giane da Silva Mariano Lessa

“Tradução cultural: oralidades e Paródias em arquivos roabastianos e outros relatos de fronteira”

 

José Alexandrino de Souza Filho

“Montaigne e seu tempo”.

 

Luciana Marino do Nascimento

"Cartografias Urbanas: A Belle Époque e seus avessos, centro e margens"

 

Luiz Barros Montez

1 “Construções discursivas do Rio de Janeiro em relatos de viajantes europeus e imigrantes entre 1700 e 1900″.


2 “Projeto Expedição Científica Austríaca no Brasil”.

 

3 "Puris, Coropós, Coroados: indígenas do Sudeste nos relatos de viajantes do século XIX."

 

Valburga Huber

“Literatura brasileira de expressão alemã. Elly Herrkenhoff”.