Álvaro Marins de Almeida

08/07/2015 16:39

   Membro Efetivo


Doutor em Teoria da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e mestre em Literatura Comparada pela mesma instituição (1995). Atuou no magistério superior como professor adjunto do Centro Universitário da Cidade (Rio de Janeiro) de 2000 a 2009, ensinando disciplinas de Teoria da Literatura e Literatura Brasileira no curso de Letras daquela instituição. Atualmente é coordenador de pesquisa e inovação museal do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), sendo responsável por algumas publicações do instituto, entre as quais se destacam a revista “Musas – Revista Brasileira de Museus e Museologia” e a coleção Museu, Memória e Cidadania. É autor de “Machado de Assis e Lima Barreto: da ironia à sátira” (Rio de Janeiro, Utópos, 2004), além de organizador dos volumes “Melhores poemas de Paulo Leminski” (São Paulo, Global, 1995) e “Páginas esquecidas: uma antologia diferente de contos machadianos” (Rio de Janeiro, Língua Geral, 2008). De 1995 a 2000 foi coordenador editorial da Range Rede Revista de Literatura, uma publicação especialmente voltada para a produção ensaística, que acolheu em suas páginas a importante colaboração de nomes como Roberto Schwarz, Domício Proença Filho, Sebastião Uchoa Leite, Cleonice Berardinelli, Benedito Nunes e Alexei Bueno, entre outros. Trabalhou ainda como editor de projeto das seguintes obras de referências: Atlas de História Mundial (Rio de Janeiro, Reader’s Digest do Brasil, 2001); Enciclopédia Seleções (Rio de Janeiro, Reader’ Digest do Brasil, 2004); e Escrever Melhor e Falar Melhor (Rio de Janeiro, Reader’s Digest do Brasil, 2003).

 

Projeto de Pesquisa
Representações do índio na Literatura Brasileira.

 

Publicações relacionadas ao Projeto
Casamentos mestiços: as tragédias de isabel e Iracema nos romances indianistas de José de Alencar.

—————

Voltar